O patrimônio do plano FusanPrev agora está segregado

O patrimônio do plano FusanPrev agora está segregado

segrepatri

O patrimônio do plano FusanPrev agora está segregado

O FusanPrev é um plano de previdência complementar, estruturado na modalidade CV – Contribuição Variável, isso significa que o benefício futuro, ou seja, o valor da aposentadoria, é definido pelo resultado da acumulação das contribuições do participante e da Sanepar mais a rentabilidade alcançada. Na fase seguinte, quando passar para a condição de aposentado, não existirá mais o saldo individual e sim o compromisso do plano pelo pagamento mensal da aposentadoria, que será corrigido anualmente pelo INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor e será pago até o último dia de vida ao participante e depois ao seu beneficiário legal de acordo com as condições estabelecidas no regulamento.

Nesta breve explicação sobre o plano, observamos que existem duas fases: 1) Fase de acumulação dos recursos, que é a parte CD – Contribuição Definida do plano e 2) Fase de Gozo do Benefício, que é a parte BD – Benefício Definido do plano.

Duas fases distintas que possuem características e necessidades diferentes em se tratando de alocação dos recursos no mercado financeiro. Veja, quando estamos na fase de acumulação podemos pensar em investimentos mais arriscados e de longo prazo para conseguirmos uma rentabilidade maior que ajude a aumentar a reserva previdenciária e consequentemente gere um benefício futuro maior ao participante. Já na fase de recebimento do benefício, a necessidade passa a ser rentabilizar essa parcela de forma a cumprir com os compromissos assumidos pelo plano, pagamento da folha e benefícios de risco como pensão, aposentadoria por invalidez, pecúlio, por exemplo.

Atualmente o plano FusanPrev possui uma única Política de Investimentos, com uma relação risco x retorno para ambas as categorias de participantes.

Com o passar dos anos, inclusive observando as demandas das legislações, bem como do aumento significativo da parte BD do plano, que atualmente já representa 60% das Reservas Matemáticas, em função do crescimento das aposentadorias, verificamos a necessidade de fazer a segregação real dos ativos, vislumbrando uma otimização nos investimentos, com Políticas de Investimentos adaptadas para as parcelas CD e BD do plano. Há alguns anos este assunto é tema de discussões internas e com a empresa de consultoria que nos assessora na alocação dos investimentos (ADITUS Consultoria) e em outubro de 2020, decidimos iniciar os estudos com a contratação de uma empresa especializada no assunto (Mercer Consultoria).

Os trabalhos foram realizados pela empresa de Consultoria com a participação dos Gestores das áreas de Investimentos, Atuarial, Contábil e Benefícios.

No final do ano passado o estudo foi concluído e apresentado à Diretoria Executiva e ao Conselho Deliberativo que aprovaram a proposta. Sendo assim, iniciaremos o ano de 2022 com a separação do patrimônio da parte CD (Ativos) e BD (Assistidos) do plano e com estratégias de alocação dos recursos distintas para cada parcela do Patrimônio. Esse passo tão importante permitirá, além da melhoria na gestão dos investimentos, que o plano seja muito mais flexível e ofereça por exemplo perfis de investimentos aos participantes que estiverem nos diferentes períodos de acumulação, além de minimizar o risco para os que estão na fase de recebimento de benefício.

A Política de Investimentos do Plano FusanPrev está disponível para consulta no nosso site www.fundacaosanepar.com.br/Autoatedimento/Investimentos

Últimas notícias

Reajuste do Plano SaneSaúde fica abaixo da Inflação

Com vistas a permitir a manutenção do equilíbrio atuarial e financeiro, a Fundação informa que...

Fusan comemora 40 anos com novo site

A Fusan está comemorando bodas de esmeralda. São 40 anos prezando pelo propósito, que é...