Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Hormônios da felicidade: como estimulá-los durante o treino?

Hormônios da felicidade: como estimulá-los durante o treino?

happyrun

Hormônios da felicidade: como estimulá-los durante o treino?

Elas já foram chamadas de quarteto dos hormônios da felicidade. Produzidas pelo nosso corpo, as substâncias dopamina, serotonina, endorfina e ocitocina nos deixam mais felizes e motivados. Com elas em alta, temos pique para trabalhar, namorar e, claro, correr. Com elas em baixa, fica difícil até sair da cama… Mas nós podemos interferir na sua produção. Descubra a seguir como ser sua própria injeção de ânimo.

1- Dopamina

A DOPAMINA nos motiva a perseguir nossas metas e nos dá uma onda de prazer quando a atingimos. Mas níveis baixos dessa substância causam falta de entusiasmo e fadiga. A dica é “quebrar” grandes objetivos em pequenas metas, assim você cria uma série de pequenas “linhas de chegada” que liberam dopamina. E sempre que atingir uma meta, comemore com um jantar, uma massagem, uma roupa nova. Crie novos objetivos quando alcançar o atual para garantir um bom fluxo de dopamina. Seu treinador pode ser um ótimo parceiro ao reconhecer suas vitórias e ajudá-la a traçar metas realistas.

2- Serotonina

A SEROTONINA flui quando você se sente importante ou faz algo significativo. Treinar com pessoas acolhedoras facilita a liberação dessa substância. Relembrar conquistas significativas também, assim como visualizar treinos e provas bem-sucedidas, já que nosso cérebro tem dificuldade para distinguir o real do imaginado. O sentimento de gratidão também é capaz de produzir serotonina. Separe um momento do dia para refletir sobre realizações passadas e o que realmente é significativo na vida para você.

3- Endorfina

A ENDORFINA liberada com a prática do exercício físico ajuda a aliviar o estresse, a tensão e a ansiedade e, consequentemente, traz a sensação de bem-estar. Semelhante à morfina, ela age como um analgésico e sedativo, diminuindo a nossa percepção da dor. A euforia e a felicidade que a gente sente ao completar uma prova, especialmente aquela sofrida, também são resultado das endorfinas. Junto à atividade física regular, a risada é uma das maneiras mais fáceis de induzir a liberação de endorfina, portanto procure levar a vida com leveza.

4- Ocitocina

A OCITOCINA é conhecida como o “hormônio do aconchego”: ela desencadeia empatia e ajuda a criar intimidade e confiança e a construir relacionamentos saudáveis. O cultivo da ocitocina é essencial para a criação de laços fortes e melhores interações sociais. Uma maneira simples de elevar o nível de ocitocina é dar um abraço em alguém. O toque físico não só aumenta os níveis de ocitocina como também reduz o estresse cardiovascular e melhora o sistema imunológico. Receber um presente também pode surtir o mesmo efeito.

(Fonte: Runners)

Comente,

QUE VOCÊ TENHA UMA ÓTIMA TERÇA-FEIRA! /*–*/

Últimas notícias

Quer aprender a cuidar do seu dinheiro de forma simples e leve?

A Abrapp-Associação Brasileira de Entidades Fechadas de Previdência Complementar acaba de lançar site exclusivo sobre...

Conheça os Candidatos aos Conselhos das Fundações Sanepar

Já estão disponíveis no site das Fundações as informações dos candidatos aos conselhos. Além de...