Confira quatro dicas para manter a saúde dos seus pés

Confira quatro dicas para manter a saúde dos seus pés

foothealth

Confira quatro dicas para manter a saúde dos seus pés

Eles nos mantêm de pé, interferem na nossa postura e na forma de caminhar, além de nos sustentarem por toda a vida. Mas nem sempre damos a devida atenção que eles precisam. O cuidado com os pés muitas vezes fica restrito à sua aparência e higiene básica, por meio da lixação e hidratação e idas à manicure.  E, apesar de serem importantes, essas ações não são suficientes para manter a saúde dos pés.

O uso de calçados inadequados, por exemplo, pode causar inflamações e tendinites. O problema pode afetar até mesmo os joelhos, os quadris e a coluna, já que a pisada faz com que as estruturas articulares acima dos pés tenham que se adaptar ao movimento errado para executá-lo. Nesse sentido, é importante consultar um médico para saber qual é o seu tipo de pé e de pisada.

Em parte, a genética explica o motivo de algumas pessoas pisarem torto ou terem o arco do pé mais ou menos acentuado. Porém, o estilo de vida e os estímulos recebidos desde a infância são fatores que também influenciam muito no desenvolvimento dos pés. Por isso, confira algumas dicas fáceis para evitar problemas que possam se desenvolver ao longo da vida:

• Ande mais descalço

Andar descalço ajuda a manter o pé firme para suportar impactos por mais tempo, além de manter as articulações móveis e as juntas saudáveis. O pé é tão vivo quanto às coxas, pernas e braços, mas quase não consegue se movimentar dentro dos calçados.

Contudo, para quem não gosta de caminhar com os pés diretamente no chão, também é possível andar descalço com meias. Mas os cuidados para não escorregar devem ser redobrados, principalmente com idosos.

• Hidrate os pés

As células da superfície da pele absorvem o hidratante e ficam mais saudáveis. Quando os pés ficam secos, as chances de eles ficarem machucados são maiores. Assim, segundo o médico Adelcio Cesar Bueno, ortopedista e traumatologista, pequenas rachaduras servem de porta de entrada para bactérias.

Além disso, é bom evitar passar muita lixa, porque isso aumenta a calosidade e engrossa a sola. Certificar-se que os dedos estão bem secos depois da água e do sabão também pode fazer a diferença.

• Escolha sapatos mais flexíveis e com amortecedor 

Quando for comprar um calçado, procure sempre a opção mais maleável. Isso porque a borracha dura e os solados muito rígidos são problemas que prejudicam a todos. Principalmente quem caminha muito.

Por falar nisso, quando for para praticar atividade física, é essencial usar um calçado com amortecedor. Quando corremos, o nosso corpo recebe impacto e, mesmo no dia a dia, aliviar essa pressão é importante.

• Observe e massageie os pés com frequência 

A própria amarração dos calçados pode afetar a circulação e machucar os pés. Assim, além de afrouxar o cadarço, o hábito de massagear manualmente a região estimula a musculatura e a circulação sanguínea.

Também é preciso ficar atento a calos, bolhas e manchas avermelhadas. Esses fatores podem ajudar a entender se o sapato, usado durante o dia, é adequado ou não. Se os pés ficam marcados, pode ser um sinal que é preciso mudar de calçado.

(Fonte: HSC)

Comente,

QUE VOCÊ TENHA UMA ÓTIMA QUARTA-FEIRA! /*–*/

Últimas notícias

Reajuste do Plano SaneSaúde fica abaixo da Inflação

Com vistas a permitir a manutenção do equilíbrio atuarial e financeiro, a Fundação informa que...

Fusan comemora 40 anos com novo site

A Fusan está comemorando bodas de esmeralda. São 40 anos prezando pelo propósito, que é...