Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Alimentos saudáveis, mas que aumentam a fome? Entenda e faça boas escolhas

Alimentos saudáveis, mas que aumentam a fome? Entenda e faça boas escolhas

k-159-chim-5050-id-25494-jpeg

Alimentos saudáveis, mas que aumentam a fome? Entenda e faça boas escolhas

Você sai de casa tendo em mente não se render a nenhum petisco. Come o que tinha planejado, mas fica morrendo de fome pouco tempo depois. Calma, isso não quer dizer que só aquela porção generosa de batatas fritas vai matar sua fome. Um recente estudo prova que não é só impressão ou gula, mas alguns alimentos realmente estimulam que continuemos comendo.

Cuidado com essas pegadinhas! Muitas vezes comemos alimentos que são considerados saudáveis e mesmo assim não emagrecemos. Isso pode estar acontecendo devido ao seu alto índice glicêmico (IG), que aumenta a produção de insulina no sangue, fazendo você sentir mais fome e, como consequência, engordando.

A dra. Liliane Opperman, médica nutróloga, aponta quais são os principais alimentos para comer com (muita) moderação e dá opções para não cair em pegadinhas:

Amigos da fome

SUCOS: Mais saudáveis que refrigerante, correto? Sim, mas no caso de quem quer emagrecer, o melhor é tomar água. Isso porque, apesar de saudáveis, os sucos contêm uma quantidade menor de fibras. Resultado? Menos sensação de saciedade e mais concentração de açúcar, a frutose. Prefira as frutas in natura com o bagaço.

COMIDA JAPONESA: Já sabemos que é preciso maneirar com o shoyu, que contém sódio, mas e o sushi? Apesar de não ser frito e conter a proteína do peixe, os sushis e temakis são carregados de arroz refinado, que são pobres em nutrientes e disparam a fome. Por isso que muitas pessoas comem japonês e logo em seguida já tem fome. Opte pelos sashimis e o shimeji sem manteiga, fonte de proteína.

CEREAIS: Você capricha nas frutas, seleciona um iogurte desnatado… Mas e o cereal? Prefira as versões integrais, que são low-carb e sem açúcar. A granola açucarada é uma bomba calórica. O mesmo vale para a barrinha de cereal com chocolate.

ADOÇANTE: Adoçante é melhor que açúcar, certo? O ideal é evitar os dois. Isso porque o adoçante traz em sua composição substâncias que aumentam a vontade por carboidratos, gerando fome. Além disso, trata-se de uma técnica temporária para “enganar” o cérebro, pois ao perceber que o doce ingerido não é, de fato, açúcar, nossa mente automaticamente aciona o desejo por doces.

IOGURTE DESNATADO E PÃO INTEGRAL: Claro que eles são melhores do que as versões tradicionais, porém é preciso atentar-se. Mesmo sendo integral, o pão é considerado um alimento de alto IG, por isso o ideal é comê-lo somente pela manhã ou antes de malhar. Quanto mais pão comer, mais fome irá sentir. Tente ir diminuindo gradativamente. As versões sem glúten também podem ajudar. Já o iogurte desnatado contém lactose, que também pode acionar a fome.

VINHO TINTO: Uma dose diária é recomendada para o bom funcionamento do coração, mas o álcool do vinho tinto engorda e não compensa. Para se ter uma ideia, 1 g de álcool possui 7 cal. Além de favorecer o ganho de peso, ainda estimula o apetite. Por isso, prefira o suco de uva, de preferência orgânico, que também contém antioxidantes e polifenóis.

(Fonte: Sport Life Brasil)

Comente,

QUE VOCÊ TENHA UMA ÓTIMA SEXTA-FEIRA! /*–*/

Últimas notícias

Junho Vermelho: doe Sangue!

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), lança a...

11 de junho de 1982: um marco inigualável

Fusan completa 42 anos de história. Hoje, celebramos com imensa alegria e gratidão o 42º...