Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

5 dicas para ser um grande mentor

5 dicas para ser um grande mentor

image-from-rawpixel-id-87931-jpeg

5 dicas para ser um grande mentor

Ao mesmo tempo em que ter um mentor pode fazer uma grande diferença na carreira e representar uma experiência valiosa, é também uma grande responsabilidade. Um mentor eficiente não fornece apenas orientações e respostas durante transições profissionais ou situações complicadas. Ele também oferece motivação e inspiração para ajudar seu aprendiz a chegar ao próximo nível e colocar em prática seu potencial.

Alguns dos deveres do mentor incluem ouvir e guiar o mentorado, dar feedbacks, motivar e estar sempre presente e aberto para ajudá-lo com o que quer que seja. Não é uma tarefa fácil, mas pode ser muito gratificante, especialmente para profissionais altamente experientes, com muito a ensinar.

Veja, a seguir, 5 dicas para ser um grande mentor:

1. Ouça

“Ouça primeiro”, diz Whitney Gonzales, gerente de marketing da Liingo Eyewear. “Pense em você como um coach. Um bom mentor conduz o aprendiz para uma solução ou um próximo passo, mas sem resolver a situação para ele. Ajude o seu mentorado a remover os obstáculos e crie pontes para ele. Entenda que o seu aprendiz não é você – ele vai querer ou precisar traçar o próprio caminho profissional. Não é preciso ser um exemplo perfeito e brilhante – os seus fracassos e dificuldades ao longo da vida e carreira são tão valiosos para o seu aprendiz quanto os seus sucessos. E perceba que, às vezes, você está ali apenas para ouvir.

2. Dê feedbacks honestos

“Eu amo mentores que são sinceros e dão feedbacks honesto, incluindo críticas direcionadas”, diz Coral Chung, cofundadora da marca de bolsas de luxo Senreve. “Embora seja maravilhoso receber apoio e ser aplaudido, também é importante ouvir coisas que outras pessoas não estão dispostas a dizer. No início da Senreve, alguns dos meus melhores mentores também foram os meus críticos mais duros, mas isso foi bom porque me ajudou a melhorar e mostrou que eles têm grandes expectativas em relação a mim. Em última análise, esse feedback inicial me permitiu ter um lançamento muito bem-sucedido e um excelente primeiro ano da empresa.”

“O trabalho de um mentor é fornecer conhecimento, inspiração e feedback para ajudar de maneira leve”, acrescenta Demi Marchese, fundadora da boutique 12th Tribe. “Você precisa estar confortável o suficiente para ser construtivo e não ter medo de criticar o trabalho do seu mentorado.”

3. Motive e inspire

“A chave para mim, particularmente, é influenciar e inspirar a próxima geração a se tornar uma forte liderança, motivada, confiante e atenta”, diz Laurel Berman, fundadora e diretora de criação da marca de moda Black Halo. “Se eu puder fazer isso, considero a orientação um sucesso.”

Para Demi Marchese, da 12th Tribe, “parte do papel de um mentor é inspirar seu aprendiz a atingir o potencial máximo e desafiar a zona de conforto. Ajude-os a alcançar o desconforto”.

4. Estabeleça respeito mútuo

“O relacionamento deve ser baseado no respeito mútuo, confiança e apoio”, diz Maryann Bruce, ex-presidente da Evergreen Investments Services. “A parceria precisa promover aceitação e segurança, onde ambas as partes se sintam seguras o suficiente para se comunicar abertamente e correr riscos sem a ameaça de serem julgadas e ridicularizadas.”

Uma das melhores maneiras de mostrar respeito por alguém é valorizando o seu tempo. Ao orientar alguém, você normalmente está em uma posição de poder e seu tempo pode ser, de fato, mais valioso – mas isso é irrelevante. Para você, a função pode ser uma atividade rápida, mas, para o seu aprendiz, esta pode ser a reunião mais importante do dia – por isso, trate-o como tal.

5. Esteja presente e aberto

“Apareça, engaje-se e participe”, diz Laurel. “É crucial estar totalmente presente, ser proativo e ter iniciativa. Esteja preparado para compartilhar suas experiências, tanto positivas quanto negativas.”

Para Melissa Musgrove, vice-presidente e diretora de mídia social da Regions Financial Corporation, “os mentores devem ser abertos e honestos com seus aprendizes”. “Esteja disposto a ceder seu tempo para oferecer conselhos, mas também perceba que não existem duas trajetórias profissionais iguais, e as decisões e o plano de carreira dos mentorados são, no fim, responsabilidade deles. Muitas vezes, os mentores têm tanto a aprender quanto os iniciantes. Portanto, não dê atenção apenas para o conselho que você pode dar, mas também use-o como uma oportunidade para aprender com alguém que tenha perspectiva e contexto diferentes do seu.”

(Fonte: Forbes)

Comente,

até breve…muito breve! /*–*/

Últimas notícias

Quer aprender a cuidar do seu dinheiro de forma simples e leve?

A Abrapp-Associação Brasileira de Entidades Fechadas de Previdência Complementar acaba de lançar site exclusivo sobre...

Conheça os Candidatos aos Conselhos das Fundações Sanepar

Já estão disponíveis no site das Fundações as informações dos candidatos aos conselhos. Além de...