ACESSO RÁPIDO

Três erros que afastam você da felicidade financeira

Início / Blog / Três erros que afastam você da felicidade financeira

Três erros que afastam você da felicidade financeira

Erro 1: Falam de tudo, mas não abrem espaço para falar sobre dinheiro em casa

Quando olho para 2007 e procuro diferenças e semelhanças em relação a 2017, fica claro que falar sobre dinheiro continua sendo um grande tabu. A abertura para falar sobre esse tema nas famílias brasileiras continua sendo a mesma, ou seja, praticamente não existe.

Cada vez mais, por conta dessa falta de interesse sobre o tema, observo as pessoas tomando decisões egoístas em casa, criando realidades paralelas bastante perigosas no convívio familiar.

É muito comum recebermos contato de alguém que se preocupa com o tema e não sabe como abordá-lo em casa, justamente porque quando alguém decide tomar uma atitude, um grande problema costuma estar armado.

Falar sobre dinheiro apenas quando ele é um problema é um grave erro e faz com que sejamos muito infelizes.

Erro 2: Utilizam o crédito como parte da renda

Se tem algo que é definitivamente um problema no Brasil é o crédito. O acesso ao crédito é terrível, os juros são nefastos (quem não se sente roubado, quando falamos de juros no Brasil?) e ainda assim muita gente utiliza o crédito como parte da renda.

Esse grave problema resulta basicamente da incapacidade de ajustar o padrão de vida. Sem isso, os gastos do mês acabam superando as receitas e as pessoas acabam utilizando linhas de crédito para poder manter as contas em dia.

Infelizmente, esse é um dos erros que mais prejudicam a vida financeira dos brasileiros. Os altos juros praticados no país produzem mais despesas a serem pagas e criam, a partir de então, uma “bola de neve” e também a dependência do crédito para tudo.

Não perca tempo e dinheiro e pare com a cultura do “Impossível ter isso se for sem carnê”. Ajuste sempre que necessário o orçamento de casa! A regra de ouro da educação financeira não pode nunca ser esquecida: jamais gaste mais do que ganha.

Erro 3: Pensar apenas no agora e o futuro para o futuro

O brasileiro está vivendo cada vez mais. Por conta da longevidade, alterações devem acontecer em breve na previdência pública para equilibrar a conta, afinal um sistema onde as pessoas vivem mais, mas trabalham e contribuem o mesmo tempo de outras épocas não pode funcionar não é mesmo?

Infelizmente, o governo cometeu diversos erros, em diversas áreas e muita gente acaba “misturando as estações”, não aceitando a necessidade de mudanças na previdência. Os diversos casos de corrupção e desvio de dinheiro público são importantes, mas as reformas também o são.

Questões políticas e ideológicas à parte, o equilíbrio do sistema previdenciário parece quase que uma utopia. Por conta disso, está claro que o brasileiro precisa olhar para o longo prazo, para o futuro.

(Fonte: Dinheirama)

Comente,

até breve...muito breve! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog