ACESSO RÁPIDO

Você é seu maior patrimônio: 10 dicas para começar a cuidar já do corpo e da mente

Início / Blog / Você é seu maior patrimônio: 10 dicas para começar a cuidar já do corpo e da mente

Você é seu maior patrimônio: 10 dicas para começar a cuidar já do corpo e da mente

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
CAPTCHA de imagem
Digite o texto exibido na imagem.

Vou começar este texto com uma frase que já vi muitas vezes por aí nas redes sociais: “Gente feliz não enche o saco”. Talvez ela seja um pouco grosseira, é verdade, mas digamos que contém muita verdade.

Quem está bem consigo mesmo, com a autoestima elevada e pronto para os desafios da vida, dificilmente terá prazer em criticar tanto, em perder tempo tecendo discussões sem sentido ou, ainda, tentando parecer melhor do que os outros.

E, vamos ser sinceros, se eu te pedisse agora para criar uma lista de prioridades em sua vida, em qual posição você estaria? Aliás, você faria parte desta lista?

Você é seu maior patrimônio

Esta não é apenas uma frase bonita, é a realidade. Você é a única coisa que estará até o fim dos dias ao seu lado. É também a única opção de mudança concreta e possível que você tem na vida sem depender de terceiros.

Quando estamos nos sentindo mal, para baixo, é normal que muitas áreas da vida comecem a virar uma confusão também.

A vida financeira então… são compras que têm o papel de alegrar um pouco os momentos difíceis, dívidas contraídas sem muito pensar, dificuldade de encontrar um foco, gastos frequentes com remédios, perda de tempo para reconstruir o que precisaria ser reconstruído. Vamos mudar um pouco o rumo das coisas?

Corpo e mente atuando em conjunto

Quando passei por momentos complicados em minha vida, inclusive no último ano, descobri que o maior benefício que poderia trazer a mim mesma para reconectar seria cuidar de mim.

Isso significaria focar em dois pontos: o corpo e a mente, pois ambos atuam em conjunto e nem todo mundo se dá conta disso. Muitas vezes teremos que ser um pouco “egoístas”, no bom sentido, para permitir que isso aconteça, caso contrário, o próprio dia a dia nos engole!

Cuidar do corpo significa primeiramente valorizar o que você tem de melhor segundo o seu ponto de vista, sem estar dependente de padrões sociais nem nada do tipo. Olhe-se no espelho e descubra o que gosta.

E se não estiver gostando de nada é hora de arregaçar as mangas e colocar os cuidados consigo mesmo como uma das suas prioridades! Qualquer um pode fazer isso a qualquer tempo.

Além disso, sentir-se bem-disposto, com a saúde em dia, o riso solto e a ansiedade controlada também são itens importantíssimos para que todo o resto na vida flua bem.

Cuidar da mente, por sua vez, significa arrumar tempo para conseguir acalmar a inquietação, a falta de rumo, os medos futuros e o consumismo exagerado, e colocar as ideias em ordem, focando em objetivos práticos e mudando os pensamentos a cada vez que eles parecerem atrapalhar mais do que ajudar.

E ainda que você não se dê conta, quando começa a cuidar do corpo, fazendo exercícios físicos por exemplo, colocando-se metas, naturalmente também receberá um auxílio poderoso para manter a mente em ordem.

Para facilitar este processo, pensei em 10 dicas práticas que utilizo em meu dia a dia como uma maneira de não me esquecer que devo ser, sim, uma das minhas prioridades. Que tal começar a adotar algumas delas? Depois nos conte o resultado! Boa sorte.

1. Priorize o tempo com você

Não há milagre. Para que possa cuidar de si mesmo, você deve constar como uma das atividades dentro da agenda.

Eu costumava aceitar muitas coisas e dizer muitos “sim” quando na verdade sabia que aquilo atrapalharia todo o resto, por isso aprendi na marra a dizer “não” em alguns momentos, senão o que é importante de fato acaba ficando em segundo plano.

2. Descubra o que gosta de fazer

Realizar alguma atividade física não é só conversa de médico. Existem explicações hormonais inclusive para mostrar os benefícios de mexer o corpo, afinal, o homem não foi feito para passar 8 horas sentado à frente do computador.

Descubra o que gosta de fazer. Seja academia, exercícios ao ar livre, dança, yoga, natação, enfim, há milhões de opções, e uma delas deve te agradar.

3. Mantenha a frequência

Uma vez iniciada a atividade física que você escolheu, mantenha a frequência. Não é se exercitando ocasionalmente ou uma vez por semana que você colherá resultados concretos. Coloque na agenda. Ao menos duas ou três vezes na semana, pelo menos meia hora que seja, é preciso se movimentar.

4. Sem dinheiro?

O dinheiro está curto? Não dá para gastar com estas coisas agora? Então caminhe ou corra. Ambas as opções não exigem muito além de disposição para serem iniciadas.

É claro que no caso da corrida pode ser necessário um tênis mais adequado, uma orientação maior, mas caminhar qualquer um pode certo? Programe-se para fazer isto ao menos algumas vezes na semana.

5. Alimentação mais saudável

Comer bem custa praticamente a mesma coisa de comer mal, não se engane. Não é preciso muito para saber que algumas coisas não fazem bem, tal como excesso de açúcar, frituras, gorduras, etc.

Diminua a quantidade destas coisas em sua alimentação. Procure inserir mais frutas, grãos, verduras e água em sua dieta. E se precisar peça ajuda profissional. Mudar a alimentação pode te deixar mais disposto para tudo, inclusive para trabalhar e dormir melhor.

6. Encontre amigos

Não se esqueça dos amigos. Eles devem estar na lista de prioridades, pois contribuirão muito para esta fase de reorganização do corpo e da mente em que você está.

É claro que alguns podem se mostrar avessos à sua decisão de buscar melhorias. Neste caso, reavalie e dê um tempo. Vamos combinar que amigo de verdade vai querer que você fique bem, ainda que sua nova rotina possa incomodar a ele também.

7. Insira a leitura

Há quanto tempo você não lê um bom livro? Um pouco de leitura todos os dias ajudará a acalmar a mente, a sair um pouco do celular e ainda a aprender.

8. Contato com a natureza

É importante, especialmente para a mente, conectar-se com a natureza em alguns momentos. Vivemos lotados de estímulos tecnológicos todos os dias, por isso, permita-se caminhar descalço na grama de vez em quando, sentir a água do mar nos pés, ouvir os pássaros cantando. Tudo isso ajuda a reconectar.

9. Saia da zona de conforto

Aprenda algo novo, desafie-se. Pode ser que você ache difícil fazer determinada coisa, seja falar um novo idioma, testar uma receita nova ou fazer um curso de programação, mas tente. Será importante para entender que você pode mais do que imagina.

10. Seja grato

Finalmente, aprenda a ser grato. Se está difícil ver as coisas boas que a vida te trouxe até agora, anote. Costumo fazer isso no calendário mesmo.

Ao lado de cada mês vou anotando tudo de bom que aconteceu, pode ser um job novo ou um almoço com um amigo, mas tudo isso é fundamental para lembrar a sua mente que a vida pode sim, ser um grande presente! Vamos lá?

(Fonte: Dinheirama)

Comente,

até breve...muito breve! /*--*/

COMPARTILHE: 

Últimas do blog