ACESSO RÁPIDO

Sensibilidade exagerada ao frio pode ser doença; mulheres são principais vítimas

Início / Blog / Sensibilidade exagerada ao frio pode ser doença; mulheres são principais vítimas

Sensibilidade exagerada ao frio pode ser doença; mulheres são principais vítimas

Se você sente calafrios assim que as temperaturas apresentam leve queda e está sempre com mãos e pés gelados, saiba que a sensibilidade exagerada ao frio pode ser sintoma de uma condição pouco conhecida, chamada Doença de Raynaud.

O que é Doença de Raynaud

Em seu canal no YouTube, o médico vascular e ortomolecular Dayan Siebra explica que a Doença de Raynaud é uma condição reumatológica que tem entre seus principais sintomas a sensação de frio nas extremidades do corpo.

De acordo com o especialista, a doença é mais comum ente mulheres e acontece devido a espasmos e contração das artérias que limitam o fornecimento de sangue para a pele das áreas afetadas, geralmente mãos e pés, provocando o frio.

Na Doença de Raynaud, segundo informações do departamento de reumatologia da USP, a pele fica fria e gera uma área empalidecida bem demarcada ou uma cianose em dedos de mãos e pés. Alguns pacientes ainda podem sentir a pele fria em orelhas, nariz, rosto, joelhos e qualquer outra área exposta.

A condição se inicia após exposição ao frio ou mesmo após situação de estresse intenso. Sensação de formigamento ou amortecimento, assim como alterações de coloração da pele, podem acompanhar a sensação de frio.

O paciente raramente sente dores, a não ser que a condição permaneça por muito tempo, com prolongada diminuição do fluxo sanguíneo para as regiões afetadas.
Doença de Raynaud: diagnóstico e tratamento

O diagnóstico da Doença de Raynaud é obtido por avaliação clínica do médico, com histórico com de sensibilidade aumentada ao frio relatada pelo paciente, associado às típicas alterações de coloração da pele, como palidez e vermelhidão

O tratamento geralmente não exige medicamentos, mas sim mudanças de hábitos e cuidados simples, como evitar permanecer em ambientes com temperaturas frias, se agasalhar e manter pés e mãos protegidos com meias e luvas.

Outras medidas importantes para combater o problema são: apostar em terapias para reduzir estresse emocional e ansiedade e parar de fumar, pois o tabagismo pode piorar as crises, uma vez que a nicotina diminui o fluxo sanguíneo para os dedos das mãos e pés.

(Fonte: Vix)

Comente,

QUE VOCÊ TENHA UMA ÓTIMA QUARTA-FEIRA! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog