ACESSO RÁPIDO

Exercícios intensos fortalecem sistema imunológico, diz estudo inédito

Início / Blog / Exercícios intensos fortalecem sistema imunológico, diz estudo inédito

Exercícios intensos fortalecem sistema imunológico, diz estudo inédito

Você já deve ter ouvido por aí que fazer exercícios intensos, como correr uma maratona, pode deixár mais predisposto a pegar infecções. Mas um novo estudo mostra o contrário e defende que, na verdade, atividades vigorosas aumentam a proteção imunológica do organismo, reforçando a defesa contra doenças. 

Para a pesquisa, cientistas da Universidade de Bath, no Reino Unido, revisaram artigos publicados nos anos 1980. Na época, após analisarem corredores da Maratona de Los Angeles, nos Estados Unidos, estudos constataram a relação negativa entre exercícios e a imunidade, já que muitos dos atletas ficaram doentes nos dias seguintes à prova.

A explicação seria o fato de que as células do sistema imune sofrem duas alterações importantes durante o exercício: no começo, elas podem se multiplicar em até 10 vezes na corrente sanguínea, especialmente as que defendem infecções; depois do esforço físico, porém, sofrem uma queda brusca, supostamente deixando as defesas do corpo defasadas.

Mas o novo estudo mostra que a realidade não é bem assim: as células imunológicas não são completamente exterminadas, apenas mudam de lugar, saindo de veias e artérias e concentrando-se em órgãos que precisam de proteção, como os pulmões.

Desse modo, considerando todos os benefícios da atividade física à saúde, como a redução do risco de doenças cardiovasculares e diabetes, os autores concluem que não se deve evitar a prática por medo de prejudicar o sistema imunológico. Além disso, existem outras situações em que o risco de pegar uma infecção é muito maior, como ficar em lugares fechados com grande concentração de pessoas, ter hábitos alimentares que não são saudáveis e conviver com o stress.

(Fonte: Boa Forma)

Comente,

QUE VOCÊ TENHA UMA ÓTIMA QUINTA-FEIRA! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog