ACESSO RÁPIDO

12 dicas para economizar dinheiro no dia a dia

Início / Blog / 12 dicas para economizar dinheiro no dia a dia

12 dicas para economizar dinheiro no dia a dia

Economizar pode parecer difícil, mas não é. Realizar essa tarefa se torna fácil quando você compreende a razão pela qual é importante guardar dinheiro e, além disso, reeduca seus hábitos. Se você é o tipo de pessoa que fica postergando o seu planejamento financeiro, precisa entender que, principalmente no cenário econômico atual, economizar é fundamental.

A maioria dos brasileiros (72%) mudou a rotina financeira por causa da crise econômica, segundo pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Oito em cada dez consumidores pretendem manter os hábitos caso a crise seja resolvida em 2018. Somente 19% garantem não ter feito mudanças.

Segundo as entidades, o orçamento mais curto fez com que muitas famílias modificassem a rotina de compras, além de repensar algumas de suas prioridades. Mais da metade (55%) usam de cautela extra, evitando o consumo de produtos supérfluos. Esse percentual aumenta para 68% entre os mais velhos e 69% entre os pertencentes às classes A e B. Outros 55% reduziram os gastos com lazer, enquanto 54% passaram a fazer pesquisas de preço antes de adquirir um produto e 52% ficaram mais atentos às promoções, buscando preços menores.

Procura alcançar esse mesmo objetivo? Calma, nós temos algumas dicas para te fazer economizar dinheiro no dia a dia.

Ramit Sethi , autor de “Eu te ensino a ser rico “, lançou um desafio para ajudar as pessoas a economizar US $ 1.000 em uma semana. O Business Insider, vasculhou os conselhos de Sethi e escolheu alguns. Veja só:

Tenha uma planilha financeira

Antes de tudo, você precisa ter uma planilha de gastos. Com ela, você consegue mapear para onde vai sua grana, fazer planejamentos, se livrar de dívidas e até economizar dinheiro de uma forma muito mais consciente.

Quando concluí-la e entender o quanto você gasta no mercado, por exemplo, vai conseguir ter plena noção de gastos inúteis e como reorganizar suas prioridades.

Escolha um dia da semana para não gastar com coisa alguma

Tecnicamente, mesmo se você não abrir sua carteira, você ainda estará gastando dinheiro com, por exemplo, o aluguel da sua casa e com o seguro de carro… Mas você ainda pode controlar o dinheiro que tem no bolso. O ideal é colocar esse dia no calendário para que se torne um sistema consistente – pense com clareza e racionalidade, e levante um dia onde não gastar dinheiro seja realmente possível.

Otimize sua conta do celular

Você sabia que pode estar pagando mais que o necessário no seu plano de celular? É sério: muitas vezes, fechamos um plano e ficamos desatualizados nas possibilidades da operadora. Se você negociar o seu plano diretamente com a operadora, pode conseguir descontos e pacotes melhores que o atual.

Adie uma compra grande para o próximo mês

É bem simples, viu? Se você quer fazer uma compra grande, como uma máquina de lavar louças, por exemplo, ou uma TV, o melhor é adiar e esperar o preço do produto diminuir. Muitas vezes, o mesmo produto  que você quer comprar entra em promoção em pouquíssimo tempo.

Use somente dinheiro (se você não sabe lidar com crédito)

Pesquisas apontam que as pessoas usam mais o cartão de crédito à dinheiro vivo. Então, se você estiver tentando reduzir seus gastos, tente usar apenas dinheiro. A jornada não é tão fácil assim, afinal, usar o seu dinheiro te força a tomar uma decisão e te faz enxergar o quanto você está gastando. Porém, se você simplesmente não sabe lidar com cartões de crédito e acaba gastando mais do que o necessário quando o mês termina – e se endividando a longo prazo – é melhor ficar apenas no dinheiro.

Compre a opção “genérica” de coisas pouco importantes

Estabeleça o que você quer e o que você pode priorizar, e entenda que nem sempre você precisa ter o melhor de tudo. Por exemplo: não invista tanto dinheiro em algumas marcas de alimentos e produtos de limpeza e higiene pessoal, priorize seus gastos em coisas com longa duração, como um celular ou um item de vestuário com maior durabilidade.

Faça coisas em casa

Em vez de ir para um barzinho, chame seus amigos para jantar e beber em casa: mesmo que você só faça isso uma ou duas vezes por mês, é uma das coisas mais rentáveis que você pode fazer! Em vez de sair para almoçar, por exemplo, cozinhe e prepare suas próprias marmitas.

Use uma barreira psicológica para se prevenir

O automático te faz gastar mais dinheiro. Não basta olhar no que você está gastando hoje, perceba também como você gasta. Come sempre fora? Talvez não seja uma boa ideia encher a geladeira com produtos perecíveis que nunca dá conta de comer. Elimine esse tipo de comportamento, pare de agir no automático.

Venda pela internet

Se você já está economizando, o próximo passo é fazer dinheiro. Não importa o que ou quantas coisas você irá vender, o importante é mostrar para você mesmo que você pode “sacrificar” alguma coisa e ainda ganhar um dinheiro extra. Então, participe de grupos de venda no Facebook e venda itens eletrônicos usados, roupas, calçados, enfim, o céu é o limite.

Só compre algo novo se estiver substituindo algo antigo

Quando você estabelece essa regra, você está criando o que Sethi chama de “barreira ativa”. Antes de comprar qualquer coisa, pense “quantos eu já tenho?”, “preciso de um novo?”.

Ganhe dinheiro usando uma habilidade

Calma, esta é uma dica para economizar! Quando você ganhar dinheiro fazendo algo que gosta, como desenhar, costurar, construir coisas ou reformar aparelhos, estes ganhos podem ir diretamente para a poupança.

Crie metas (REALISTAS) de poupança

Escolha de duas a três grandes compras que você pretende fazer nos próximos anos, como, por exemplo, uma casa, uma viagem ou até mesmo um celular novo. Todos os meses, dirija uma quantidade específica de dinheiro para essa poupança. A quantidade vai depender de suas futuras compras. Trate esse dinheiro como um custo fixo, ou seja, você deve separa-lo a cada mês como faria para o aluguel, por exemplo.

(Fonte: Manual do Homem Moderno)

Comente,

até breve...muito breve! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog