ACESSO RÁPIDO

6 dicas para ensinar educação financeira para os filhos desde pequeninos

Início / 6 dicas para ensinar educação financeira para os filhos desde pequeninos

6 dicas para ensinar educação financeira para os filhos desde pequeninos

O quanto o dinheiro é parte necessária, mas não fundamental, da nossa vida, não é mais do que natural que as crianças aprendam desde pequenas. Compartilhar valores e esforços para conquistas financeiras com os filhos faz com que se relacionem desde cedo com as questões práticas da vida e aprendam certos problemas reais de finanças e economia. Toda educação começa dentro casa e, sem drama ou alarde, pode ser iniciada mesmo em uma idade precoce. A seguir, veja como passar algumas lições de educação financeira aos filhos:

Como ensinar finanças às crianças?
1. Comece mostrando o valor do dinheiro
As crianças devem entender gradualmente o valor do dinheiro. Portanto, é importante que os pais ensinem a importância e o esforço por trás de um salário que atenda as necessidades da família. Deixe-os ver que as roupas que vestem, o que comem ou as viagens que fazem só são possíveis graças ao trabalho feito pelos pais todos os dias.

2. A importância de poupar
Economizar é essencial para atender os projetos pessoais e imprevistos, e determina, em grande medida, a nossa qualidade de vida futura. Aqueles que incorporam o hábito de poupar desde a infância são capazes de planejar melhor e otimizar a sua economia no futuro. Se as crianças veem os pais economizar em pequenos detalhes, como a escolha de um produto mais barato do que outro, elas serão capazes de incorporar este hábito mais facilmente.

3. Gerir o seu próprio dinheiro
Dar às crianças uma mesada fixa mensal pode ajudá-las a aprender a gerir o seu dinheiro. É uma maneira simples de os pequenos começarem a se familiarizar com o que, amanhã, vai se tornar seu salário. Assim, eles devem aprender a gerir o montante mensal que recebem.

4. Aprender a priorizar
O que é importante e o que é dispensável? As crianças também devem aprender a tomar decisões e estabelecer prioridades. Saber gerir o seu dinheiro é saber a diferença entre o que é necessário e o que é apenas desejado.

5. Ter objetivos de curto prazo
Estabelecer uma meta de curto prazo é uma maneira muito prática e simples para ensinar a economizar. É conveniente que as primeiras metas sejam realizáveis a curto prazo e, a partir do momento que são alcançadas, podem definir planos mais ambiciosos a longo prazo.

6. Fazer cálculos
Planejamento e cálculo são parte essencial da economia. Portanto, é importante ajudar a criança quanto precisa poupar, por quanto tempo e qual a percentagem de sua mesada. Assim, seu filho, sem perceber, começa a planejar e fazer cálculos com suas economias.

(Fonte: www.aescolhacerta.com.br/6-dicas-para-ensinar-educacao-financeira-para-o...)

COMPARTILHE: